A mudança para pivotar o negócio

A mudança para pivotar o negócio

Muitos empresários e empreendedores acabam por entrar em zona de conforto em determinado momento das suas carreiras no empreendimento em que está envolvido. Acontece que o mercado não possui este mesmo movimento. A atualização é constante. Aqueles que se dão bem, ou pelo menos há uma maior assertividade de sucesso e prolongamento do negócio, com certeza estão incluso neste grupo o indivíduo disposto se valer da educação empreendedora.

Educação empreendedora se caracteriza por entender a necessidade do aperfeiçoamento da gestão empresarial para todo sempre. Se valida pela busca do ato empreendedor de maneira individual na tentativa de processar ações cujo o interesse seja de cunho individual ou coletivo para o projeto de empreendimento a ser realizado.

É a renovação, reciclagem, busca de informações, de experiência, de estudos de casos, de inovação, de autoconhecimento, consciência, conhecimento e futuro. A estratégia de gerenciamento de projetos pode ser adotada dentro da educação empreendedora. Em outro artigo, adentrarei mais sobre este tópico; neste momento, vamos aplicá-lo a pivotação do negócio, do seu negócio.

Pois bem, deixe-me começar com uma análise de caso recente.

Esses dias percebi que uma banca de revistas que visitava anos atrás tinha deixado de ser um local de venda de publicações impressas para ser prioritariamente um local de comercialização de sucos e alimentos rápidos. Perguntei então a proprietária o motivo dela (já sabendo a resposta) ter trocado aqueles produtos por alimentação e bebida. Me disse que a procura por jornais e revistas tem sido muito pouca, insuficente para manter como roll principal da até então banca de revista, revistas e jornais – todavia ainda existe venda deste tipo de material como ver na imagem abaixo.

Banca Alvorada pivotada por efeito econômico

 

O fato da senhora ter percebido baixa nas vendas e ter pivotado o negócio dela, mesmo que por “intuição” ou “prática de venda”, diz mais do que a troca de um bem comercial pelo outro: é o exemplo prático da ciência econômica na ação humana. Isto significa dizer que a necessidade de mercado, mostra o quanto é importante estarmos atento para ele. Por conseguinte, as pessoas agem, e se você faz parte da sociedade de mercado, tenha consciência de que as pessoas vão agir. Para deixar mais claro: o não ficar focado na produção implica em mais assertividade estratégica. As métricas de vendas são sinais do movimento mercadológico.

Água, bebidas e salgadinhos. No canto direito da tela, uma pequena parte reservada para revistas

 

Pivotar o negócio é substituir produtos e serviços ofertados por relacionados ou drasticamente trocá-los por segmento de mercado diferente – neste caso, não é realizado de uma hora para outra, em empresas que contém a gestão de empresarial profissional é realizado um trabalho de branding, marketing e estratégia. Não é incomum organizações perceberam um descolamento do mercado dentro do giro econômico na ordem social. As tradicionais estão sendo obrigadas a se adaptarem na Era Digital e suas revoluções que só estão começando neste século 21. Ou muda ou morre.

Pivotar o negócio vem do inglês to pivot (girar) estando para “redirecionamento”. Este redirecionamento em startups, empresas ou projetos empresarias com alto potencial de escala, são menos custosos para a equipe gestora; já mudanças drásticas em firmas estabelecidas no mercado, costumam haver transtornos na cultura organizacional e operação do negócio, por isso normalmente acontece de maneira gradual. Independente do caso, para ambos os perfis, vai de acordo com a educação empreendedora do team, empresários, tanto quanto a observação da ciência econômica na ação humana pelos mesmos. São assistentes intrínsecos de uma decisão altamente arriscada na mudança de rumo do empreendimento.

Se você estiver com dúvidas ou desafios, escreva neste momento para mim que te respondo o mais breve possível com um diagnóstico pré-avaliativo gratuito do teu business ou projeto para iniciarmos uma solução, resolução, ou quem sabe, revolução!

Deixe um comentário

Nome
E-mail
Site
Comentário

Loading...