Uma reflexão tecnologicamente relacional

Uma reflexão tecnologicamente relacional

até que ponto a tecnologia não interfere na sua vida?

 

primeiro, vamos pontuar etimologicamente o que é a tecnologia;

 

nada mais é do que a criação e aplicação de processos contínuos de técnicas;

 

o lado conceitual no senso comum é normalmente ligado à tecnologia eletroeletrônica, mecatrônica e de inteligência artificial;

 

está correto, mas não está completo;

 

o senso comum atribui esta como via única viável, na verdade esta é a última geração (atual) da tecnologia dominante nas organizações e famílias;

 

em termos clássicos, a criação de um novo processo para fins rotineiros pessoais ou de inovação empresarial traz tecnologia – por osmose – a àquela organização ou família;

 

o fato de consistir em algo não concretual, seja em processo, técnicas, softwares, equipamentos, invenção, não implica em não ser tecno (técnica) logia (estudo, aplicação);

 

portanto, cabe destacar que desde ao levantar para trabalhar/estudar ao deitar para descansar, somos cercados de tecnologias;

 

e sobre isso não há motivo para desespero;

 

desde a pré-história o Homem lidava com tecnologia.

 

o que seria hoje se não fosse a tecnologia para formação do fogo!

 

a partir desta, você pode apanhar historicamente todas as tecnologias de todos os tempos;

 

o tempo de hoje está em alta a automação assim como um dia já foi a metalização e a mecanização.

 

sim, a tecnologia está intrínseca entre nós.

 

só nos resta a Consciência e a Sabedoria.

 

esses, muito mais importantes que a Tecnologia como razão de vida.

 

e aí, qual é a tec-no-lo-gia que você vai inventar hoje?

 

Deixe um comentário

Nome
E-mail
Site
Comentário

Loading...